• Prêmio Melhor Cidade
  • Prêmio Melhor Destino de Inverno
  • Prêmio Prefeito Empreendedor
  • Transparência na Internet
  • Travellers Choice

Desfile Cívico reúne mais de 11 mil pessoas

Após dois anos sem Desfile Cívico por causa do mau tempo, a comunidade de Gramado foi às ruas nesta quinta-feira (7) assistir a passagem de 43 escolas e entidades pela Av. das Hortênsias. O evento reuniu aproximadamente 11,5 mil pessoas  (cinco mil participantes e público de 6,5 mil). A abertura do desfile foi feita pelo prefeito Fedoca – João Alfredo de Castilhos Bertolucci (PDT). Também prestigiaram o evento o vice-prefeito Evandro Moschem (PMDB), secretários municipais e vereadores. 

Com o tema “Educação em conexão com o futuro”, alunos, professores e membros de instituições valorizaram em suas passagens a importância da educação para a construção de uma sociedade melhor. Ao som da sua própria banda marcial, a Escola Municipal de Educação Infantil Tia Carmelina trouxe um Globo envolvido em corações carregado por dois alunos. Os professores traziam cartazes pedindo “um mundo melhor para nossas crianças”.

Na EMEI Julita Tissot, cartazes ilustrados com desenhos, erguidos pelos estudantes, cobravam consciência ambiental. Já os meninos e meninas da Escola de Educação Infantil Espaço Crescer pediam respeito e ação em seus cartazes.

Também seguindo o tema do desfile, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima lembrava por meio de faixas que “para um futuro de sucesso o presente tem que ser de qualidade”.

As bandas marciais foram um show à parte. Após ensaiarem por meses, os estudantes das bandas das escolas municipais Tia Carmelina I, Mosés Bezzi, Senador Salgado Filho, Padre Anchieta, Dr. Carlos Nelz (CAIC), Nossa Senhora de Fátima, Henrique Bertoluci Sobrinho, Gentil Bonato, Presidente Vargas, Pedro Zuzolotto, Maximiliano Hahn, Vicente Casagrande, e das escolas estaduais Nossa Senhora da Pompéia e Santos Dumont, puderam mostrar à comunidade sua qualidade técnica e seu civismo por meio do repertório marcial. Em frente ao palco, a banda da Senador Salgado Filho trouxe trechos de canções do rock internacional anos 80, com Queen, Metallica e Guns N' Roses, arrancando aplausos dos presentes.

O prefeito Fedoca  agradeceu a presença e participação ativa da comunidade. “O desfile foi lindo, impressionante. É essa congregação -  alunos, pais, professores , entidades, público – que faz de Gramado a cidade que é”, salientou.

 

Organização elogiada pela comunidade

A organização do Desfile Cívico de Gramado – que iniciou pontualmente às 9h e encerrou antes do meio-dia,  foi elogiada pelo público e pelos participantes do evento. O trajeto oficial percorreu a Avenida das Hortênsias (a partir da rótula do Hotel Serra Azul) até a esquina com a Rua São Pedro.

A diretora da Escola Estadual Santos Dumont, Maria Ivanete Barbosa da Silva, parabenizou a logística e agilidade na passagem das entidades. “Foi dinâmico e muito bonito. A expectativa da comunidade escolar era grande”, afirmou.

Para assistir a passagem do desfile, a diarista Janete Fachinello deslocou-se da Várzea Grande com chimarrão e cadeira de praia. Acompanhada do irmão e da cunhada, ela aplaudia os sobrinhos, estudantes da Mosés Bezzi. “Eu acho lindo o desfile. Moro há 40 anos em Gramado e nunca perco. Fiquei feliz que finalmente não choveu e vim da Várzea só para assistir as escolas”, contou.

O desfile agradou aos olhos do público, que registrava com fotos e vídeos feitos pelo celular a passagem das escolas, especialmente as bandas, como a doméstica Clélia Strey. “Vim prestigiar amigos da Escola Senador Salgado Filho, mas está tudo tão lindo e maravilhoso que é difícil não registrar”, enfatizou.

A secretária da Educação, Gilça Silva, parabenizou o grupo da pasta responsável pela organização e agradeceu o apoio dos secretários municipais. “Foi o trabalho e atuação de todos que permitiu envolvermos cinco mil pessoas em um desfile muito bonito e que durou menos de três horas. O Desfile Cívico não é só um evento, é a valorização dos profissionais, sua dedicação, e atuação voltada à sociedade”, finalizou.