Prefeitura Municipal de Gramado
  • Prêmio Melhor Cidade
  • Prêmio Melhor Destino de Inverno
  • Prêmio Prefeito Empreendedor
  • Transparência na Internet
  • Travellers Choice

Secretária explica tentativa de mudança da EMEI

Visando melhoria na estrutura física da Escola Municipal de Educação Infantil Raio de Sol e proporcionar melhor bem-estar aos 70 alunos que lá estudam, a Secretária da Educação do município propôs a mudança de local das aulas, no início deste ano.

Os alunos seriam realocados em quatro salas na Escola de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima, onde a infraestrutura é mais robusta e o espaço é mais bem dotado das necessidades para os estudantes, tendo em vista os diversos problemas existentes onde a escola é localizada atualmente. Porém, após apelo dos pais e da comunidade, foi decidido que, apesar destas adversidades, as aulas continuariam sendo lecionadas no prédio atual.

A secretária da Educação do município, Gilça Silva, salienta que a proposição de mudança de local foi para melhor atender os alunos. “Estamos nesta tratativa já faz um tempo, pois desde que entramos nesta administração, a nossa preocupação é a melhoria dos espaços físicos e da qualidade de ensino nas escolas, bem como zerar a fila de espera da educação infantil”.

Ainda de acordo com a secretária, as solicitações para melhora do espaço partiram justamente de pais de alunos e de membros da comunidade, que fizeram diversas solicitações pelo Fala Cidadão, canal da Prefeitura, além dos pedidos de providência apresentados pelos vereadores.

“Desde o início deste trabalho, já havíamos visto que o espaço é inadequado, e em alguns pontos até insalubre. Assim, havíamos conversado com as diretoras tanto da Raio de Sol como da Nossa Senhora de Fátima, para tentarmos adequar este espaço para receber os alunos de melhor maneira possível”, comenta.

 

Entenda o caso

A primeira reunião com os pais dos alunos da EMEI Raio de Sol ocorreu no dia 5 de fevereiro, quando foi lhe apresentada a oportunidade de mudança. Na ocasião, todos os pais presentes assinaram a ata com concordância. A transferência dos alunos para o novo espaço ocorreria de forma gradativa, iniciando pelos maiores até os menores. Porém, após diversas manifestações, e após a reunião desta quarta-feira (21) com pais de ambos os colégios e vereadores, ficou definido o cancelamento desta ação.

“Assim como respeitamos e atendemos as solicitações da comunidade em geral com relação à busca de um novo local para os alunos da Raio de Sol, mais uma vez respeitaremos e atenderemos o pedido destes pais. Agora, vamos em busca de um novo local e/ou terreno da Prefeitura, que possa acolher uma nova escola. Mas, cabe destacar que esse processo requer tempo, devido aos trâmites naturais de uma administração pública, quando há necessidade de licitação de projetos e obras”, explica Gilça.