• Prêmio Melhor Cidade
  • Prêmio Melhor Destino de Inverno
  • Prêmio Prefeito Empreendedor
  • Transparência na Internet
  • Travellers Choice

Gramado sedia encontro nacional de coordenadores

Publicado em 16.04.2018

Cerca de 100 representantes de polos da Universidade Aberta do Brasil de todo o país estiveram reunidos na última semana no Fórum Nacional de Coordenadores para compartilhar vivências, discutir a educação e pensar novas formas de qualificar cada vez mais o ensino superior a distância. O encontro ocorreu nos dias 12 e 13 de abril e foi sediado pelo polo Véra Grin, no bairro Moura, em Gramado.

No primeiro dia do evento (12), os debates trataram do sistema da UAB, assim como os desafios enfrentados pelos 745 polos ativos espalhados por todo o país, com o intuito de melhorar os processos nas universidades. Já na sexta-feira (13), a pauta abordada foi a oferta de cursos que atendam as necessidades da população. “Essa etapa é importante, pois as universidades precisam mapear e entender as demandas de cada realidade. A melhora no ensino se dá a partir de ofertas que atendam as necessidades da população da região de cada polo”, ressaltou a coordenadora geral de Ensino a Distância, Margô Gomes de Oliveira.

O prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, parabenizou o engajamento dos coordenadores no Fórum. “Não há nada mais encantador que o magistério. Hoje é possível notar como tantas pessoas realizam um trabalho incansável pela educação no Brasil”, comentou.

Ainda na sexta-feira, foram eleitos os representantes para o próximo Fórum Nacional de Coordenadores. Edilson Balzzan, do polo de Foz do Iguaçu foi eleito como presidente. A nova vice-presidente é Elizabete Regina Rossetto, do polo de Cuiabá. A suplência ficou com representantes de Santa Cruz do Capibaribe, José Wantuir Queiroz de Almeida, e de Natal, João Maria de Castro Pontes.

O Fórum reuniu as mais diversas realidades espalhadas pelo país e foi aprovado pelos participantes. Coordenadora há 10 anos do Polo UAB em Palmares (Pernambuco), Macir Reinaldo conta que a experiência é de extrema importância para motivar os profissionais, pois é possível ver de perto a luta por uma educação gratuita e de qualidade. “A cada momento vemos avanços acontecendo. Essa troca de experiências e a tomada de novas ações são essenciais para o desenvolvimento dos trabalhos na UAB. A educação a distância é legítima e nunca esteve tão próxima dos alunos”, finalizou.

Mais de 190 mil pessoas formadas em UABs

Presente na educação pública há 12 anos, a Universidade Aberta do Brasil já oportunizou a formação de 190.858 mil pessoas no país. Em 2017, além da inauguração do Polo Véra Grin de Gramado, outras 14 cidades do país ganharam um polo da UAB.

Em Gramado, a unidade conta com os seguintes cursos de graduação confirmados ou em andamento: licenciaturas em Pedagogia e Geografia (UNIPAMPA), Licenciatura Letras/Português (UFSM), Licenciatura Sociologia (UFSM), Bacharelado em Desenvolvimento Rural – Plageder (UFRGS) e Sistemas para Internet (IFSul).