• Prêmio Melhor Cidade
  • Prêmio Melhor Destino de Inverno
  • Prêmio Prefeito Empreendedor
  • Transparência na Internet
  • Travellers Choice

Iniciam ações para melhorar abastecimento de água

A perfuração de poços na Várzea Grande é uma das primeiras medidas emergenciais propostas pela Corsan para minimizar a problemática da falta de abastecimento de água em Gramado. As obras no bairro iniciaram no último domingo (9), com a perfuração do primeiro dos três poços que serão instalados, e são acompanhadas pelo Secretário Adjunto da Subprefeitura da Várzea Grande, Cícero Altreiter. Durante a semana, o prefeito Fedoca – João Alfredo de Castilhos Bertolucci (PDT) e a Secretária de Meio Ambiente, Rosaura Heurich, vistoriaram os serviços da companhia.

Um quarto poço, que já existia na localidade mas estava desativado, entrou em operação com a instalação de um gerador de energia por parte da Corsan. O objetivo é diminuir a chance de colapso de água no período da Páscoa, como ocorreu em anos anteriores.

“Tais medidas, lembramos à comunidade, são emergenciais (até o fim do ano de 2017), até que, definitivamente, todo o sistema integrado de abastecimento de água seja melhorado ou readequado (São Francisco/Canela/Gramado)”, salienta a secretária Rosaura.

Além dos quatro poços na Várzea, está prevista, também como medida emergencial, a instalação de um novo reservatório de água, com capacidade de 2.000 m³, localizado junto à Av. das Hortênsias.

A equipe de perfuração dos poços possui regime de trabalho de 10 dias contínuos por 4 dias de folga.

O plano de ação da Corsan para Gramado

Um cronograma de ações emergenciais e de curto, médio e longo prazo foi apresentado pela Corsan para melhorar o abastecimento de água e tratamento de esgoto. Todo o plano de ação está orçado em R$ 178,4 milhões, com ações já iniciadas por meio das medidas emergenciais.